top of page

WSJF: um método prático de priorização com várias aplicações


WSJF

Já ouviu falar do WSJF (Weighted Shortest Job First)? Esse acrônimo pode soar complicado, mas é uma metodologia relativamente simples e baseada em dados, para priorizar mais eficazmente tarefas, projetos e investimentos, entre inúmeras outras aplicações práticas no mundo dos negócios.


Neste artigo, vamos explorar a origem, a formulação e algumas aplicações práticas do WSJF, inspirando gestores e líderes de negócios a aplicarem essa ferramenta poderosa para otimizar a alocação de seus recursos, e para uma melhor tomada de decisões.


Criado por Don Reinertsen já há algumas décadas, o WSJF surgiu para apoiar as metodologias Lean e Agile, e foi posteriormente incorporado no framework SAFe. Inicialmente utilizado no desenvolvimento de software, logo se expandiu para diversos outros domínios empresariais, tornando-se um aliado valioso para líderes em busca de modelos eficazes de priorização.


A principal vantagem do WSJF comparado a outros modelos de priorização é o seu foco em valor e ROI. O WSJF é calculado com base em 4 fatores. Ao atribuir valores numéricos para cada fator, obtém-se a priorização desejada, apoiando a tomada de decisões com base em dados. São eles:

  • Tamanho da tarefa: Avalie o esforço ou a complexidade de uma tarefa, considerando o tempo e os recursos necessários para concluí-la. Quanto maior a tarefa, maior o valor atribuído a ela.

  • Valor de negócio: Considere o impacto que a tarefa terá nos clientes ou partes interessadas. Quanto maior o valor percebido pelos usuários, maior será o valor atribuído à tarefa no WSJF.

  • Criticidade de tempo: Avalie a urgência ou a dependência de prazos para a conclusão de uma tarefa. Tarefas com prazos mais curtos ou dependências mais críticas receberão uma pontuação mais alta.

  • Redução do risco: Avalie os riscos associados à tarefa, e as oportunidades que ela pode proporcionar. Tarefas que reduzem riscos significativos ou habilitam oportunidades relevantes terão uma maior pontuação no WSJF.

Agora vamos ao cálculo do WSJF. A fórmula em si é simples: para cada tarefa ou item a ser priorizado, soma-se o valor do negócio com a criticidade do tempo e com a redução de risco, e divide-se esse total pelo tamanho da tarefa. O resultado obtido é o WSJF daquela tarefa ou item, que pode facilmente ser comparado e ‘rankeado’ contra outras tarefas ou itens do negócio.


Como vocês já devem ter percebido, ess ferramenta pode ser aplicada de inúmeras maneiras, no contexto empresarial. Seguem apenas alguns exemplos, para inspirá-los:

  • Alocação de recursos: Quando confrontados com demandas concorrentes por recursos, o WSJF capacita os executivos a priorizar tarefas que ofereçam o maior valor dentro da capacidade disponível na empresa. Isso garante uma alocação de recursos eficiente, impulsionando o crescimento e minimizando desperdícios.

  • Iniciativas estratégicas: As empresas usualmente têm várias iniciativas estratégicas competindo por atenção e recursos. O WSJF auxilia na priorização das iniciativas mais alinhadas aos objetivos estratégicos e com potencial para proporcionar benefícios mais significativos a longo prazo, maximizando as chances de sucesso.

  • Desenvolvimento de produtos: O WSJF ajuda na priorização de funcionalidades de produtos ou serviços, com base em seu valor para o cliente/usuário, os riscos, e o tamanho da oportunidade de negócio. Isso permite a alocação eficiente de recursos no desenvolvimento das funcionalidades mais valiosas, minimizando riscos.

  • Ampliação dos negócios: O WSJF não se limita a atividades relacionadas a projetos ou produtos. Ele pode ser aplicado para avaliar parcerias potenciais, aquisições ou oportunidades de expansão de mercado. Com o WSJF, os líderes podem tomar decisões para estimular o crescimento e o sucesso, minimizando riscos.

Resumindo, o método WSJF capacita executivos e líderes a tomar melhores decisões, fundamentadas em dados, e priorizando as tarefas e recursos de forma eficaz. O WSJF fornece uma abordagem estruturada e racional, com inúmeras aplicações nos negócios.


Vale lembrar que, como a maioria dos frameworks, o WSJF pode ser adaptado ao contexto específico do seu negócio. Use-o como um princípio orientador, mais do que uma regra rígida, para a sua busca pela excelência e pelo crescimento. Priorize as tarefas e investimentos também com base na sabedoria e na experiência, para que o seu negócio prospere ainda mais rapidamente.

 

Conte com o apoio de um mentor C-Level com 32 anos de experiência, para otimizar as suas decisões, processos e resultados. Conheça a Felippa Mentoring: clique neste link ou escreva para contato@felippa.com, será um prazer poder ajudar com os seus desafios e oportunidades.

Comments


Assine
bottom of page