top of page

Como “Leading” e “Lagging” KPIs podem beneficiar a sua empresa


Lagging & Leading KPIs

Você já se perguntou como poderia maximizar o valor gerado pelos KPIs (indicadores-chave de desempenho) da sua organização?


Bons KPIs são essenciais para todo tipo e tamanho de empresa, e para todas as suas áreas, equipes e iniciativas.


KPIs bem desenhados são um poderoso instrumento para alinhamento estratégico, motivação dos colaboradores, identificação de melhorias, e insights valiosos sobre o desempenho de cada equipe e cada iniciativa, e para suas decisões estratégicas.


Eles são a bússola que orienta o crescimento e a melhoria contínua do negócio. Mas pouca gente já ouviu falar sobre os termos ‘Leading’ e ‘Lagging’, quando nos referimos a KPIs.


Explico: 'Leading KPIs' são aqueles que funcionam como um farol, iluminando o caminho para onde seu negócio está indo. Eles são preditivos e apontam para o que pode acontecer no futuro com base em suas ações e estratégias atuais.


Já os 'Lagging KPIs' são como o espelho retrovisor de um carro, mostrando o que já aconteceu: eles são retrospectivos e refletem o resultado de ações e estratégias passadas.


Para tornar isso mais tangível, relaciono alguns exemplos de ambos os tipos de KPIs, em várias áreas de negócios:



Marketing:

'Lagging KPI': O número total de novos leads gerados em um período específico: um reflexo claro do sucesso passado das iniciativas de marketing.

'Leading KPI': A taxa de engajamento em postagens de mídia social ou tráfego de site: um indicador poderoso do potencial de geração de leads futura.


Vendas:

'Lagging KPI': As receitas trimestrais: uma medida high-level do desempenho da equipe de vendas.

'Leading KPI': A frequência de demonstrações de produtos ou o volume de propostas enviadas: indicadores promissores do sucesso futuro de vendas.


Operações:

'Lagging KPI': Volumes de produção passados: um espelho da eficiência operacional de seus negócios.

'Leading KPI': Aderência aos cronogramas de manutenção de máquinas: uma previsão da capacidade de produção futura e possíveis tempos de inatividade.


Recursos Humanos:

'Lagging KPI': As taxas de rotatividade de funcionários: um sinal claro da capacidade da organização de engajar e reter seus colaboradores.

'Leading KPI': As pontuações de satisfação (eNPS) dos funcionários: um indicador das potenciais taxas de rotatividade futuras.


Importante: ao balancear estrategicamente ambos tipos de KPIs, você potencializará a tomada de decisões em sua empresa. Os 'Lagging KPIs' validam as suas estratégias e quantificam o seu sucesso, enquanto os 'Leading KPIs' oferecem insights em tempo real para adaptar a sua abordagem, permitindo uma gestão proativa.


Esta abordagem dual de KPIs proporciona um painel de controle de desempenho abrangente, eficaz e em tempo real. Permite aprender com o passado, adaptar-se no presente e planejar proativamente para o futuro.


Lembre-se de que os KPIs corretos devem se alinhar com os objetivos de seus negócios, e que as capacidades preditivas dos 'Leading KPIs' fornecem resultados prováveis com base em tendências de dados, mas não são resultados garantidos!


Experimente e aplique, começando por uma área e escalando depois. Já há muitos casos de sucesso para validar o seu uso; agora é adaptar esses conceitos ao contexto da sua empresa, para obter todos os seus benefícios. Bora implementar?

 

Conte com o apoio de um mentor C-Level com 32 anos de experiência, para otimizar as suas decisões, processos e resultados. Conheça a Felippa Mentoring: clique neste link ou escreva para contato@felippa.com, será um prazer poder ajudar com os seus desafios e oportunidades.

Comentários


Assine
bottom of page